VISITE brinquedos diversos

14 maio, 2011

Associação BDSM no Brasil?



Associação BDSM no Brasil?

 Ouvi falar que está sendo formado um Conselho BDSM no Brasil, que está sendo criada uma Associação que ficaria encarregada de orientar e instruir todos aqueles que desejassem iniciar-se no meio BDSM, contando com pessoas sérias e experientes para tal, onde neófitos passariam por treinamento e avaliação e só assim seriam aceitos no universo BDSM Brasileiro e onde mestres passariam por reciclagem e aperfeiçoamento.
   Sei que já existe algo assim no Yahoo há alguns anos, mas de discussão e não de avaliação.   Francamente, e vejam bem, é a minha opinião, mas acho que trocar informações, falar sobre experiências é legal, válido, mas dizer que está à altura de avaliar os outros?  Acho isto demais da conta.  Quem é que vai definir quem é o melhor para esta ou aquela pratica?   Quem é que vai ser o dono da verdade para dizer como os outros podem ou não podem se relacionar mesmo que seja em BDSM? 
   Dar uma explicação, uma orientação, vá lá, eu acho válido e até louvável, muitos estão se descobrindo agora e estão ávidos de informações, mas daí a determinar quem é e quem não é, quem pode e quem não pode, o que deve e o que não deve...
   Penso que quem decide como vai viver a D/s é o casal, guiar-se pelas regras de terceiros pode vir a ser um problema.
   Pode até funcionar no exterior, que tem até escola para subs a um custo exorbitante, mas somos brasileiros, passionais.    Que Dom ou Domme brasileiro vai aceitar que alguém determine o que Ele ou Ela vai viver na relação com sua sub ou seu sub?   Aqui isto é utopia.   Contudo, comunidades de debates e troca de ideias e informações é muito bom, assim como os blogs e sites que se dedicam a passar algum tipo de informação.   Cada um expõe o que pensa, fala de experiências ou dúvidas, de observações e os leitores ou assistentes de debates podem fazer suas próprias ideias e escolhas, sem se sentir incomodado com o que o outro acha certo ou errado.  
   Essa coisa de que existe uma regra que foi estipulada não sei quantos anos atrás, muitas vezes por pessoas que já nem fazem mais parte do mundo, é uma ideia engessada, imagine se pensássemos que quem não curte Led Zepellin ou Pink Floyd não é roqueiro, só porque curte metal ou porque prefere rock nacional...  
   Não se pode determinar o que os outros vão praticar, pode-se no máximo expor ideias, a única regra que não pode ser quebrada é a tríade SSC (São, Seguro e Consensual).   Obedecendo este princípio, cada qual que faça as suas escolhas e que seja feliz assim.   Há quem ache que o que alguns praticam é baunilha apimentado, há quem ache que aqueles praticam bizarro insano, então que cada um cuide de sua vida e quem quiser que busque informações diversas e que estas estejam disponíveis, se possível.
   Que cada qual se sirva do BDSM por prazer e não sirva ao BDSM por obrigação.

Esta é a minha opinião.
Dorei.
   

6 comentários:

Domme Amanda® disse...

Ai Dorei!
Só mesmo vc com seus posts prá lá de oportunos pra me fazer escrever algo, com a dor de cabeça dos infernos que estou sentindo, rs*.
Mas realmente, esta coisa de rezar pela cartilha alheia para mim não rola. Sou praticante, respeito as escolhas e espaço de cada um, mas vivo meu próprio SM, minhas regras.
Viver algo dito certo ou errado por outros? Só pode ser uma brincadeira de mau gosto isso aí! Somos livres e caso isso realmente viesse a rolar, estaríamos voltando aos tempos dos grilhões, uma ditadura BDSM não concorda? Olha, vou te contar viu, é cada uma que aparece vez por outra que acho que nem rezando dá pra entender, rs*.
Conselho BDSM no Brasil...Fala sério!
Beijokas menina
D.AD.A®

aldrey disse...

Nossa gostam de inventar alguma coisa,mas pode esperar q tem muita gente q acha que eles são os que sabem,o problema vai ser de quem é novo no bdsm,pode não receber algo errado sobre o assunto..
bjs querida

Arigi Kuwanna disse...

Olá querida Dorei,
Nossa que saudades estava daki! Bom, como sempre vim retribuir a visita e para minha surpresa deparo-me com essa "pérola" maravilhosa escrita por vc! Francamente tenho que concordar com a Domme Amanda, o que um casal decide viver entre quatro paredes diz respeito à eles e somente à eles, como vc msm menciona em seu texto, q sejam sim disponibilizadas informações sobre o assunto para os iniciantes, mas de forma coerente e respeitosa, que não tire-lhes a liberdade que tem direito, mais uma vez nos deparamos com a velha questão do "respeito" se não houver respeito não haverá cartilha no mundo que ensine alguma coisa.
Acredito que se alguém quer aprender irá buscar informações, e tbm irá respeitar os seus e os limites do outro.
Bjos querida, se cuida e tenha uma linda semana.

Tattourouge disse...

(...)Não se pode determinar o que os outros vão praticar, pode-se no máximo expor ideias, a única regra que não pode ser quebrada é a tríade SSC (São, Seguro e Consensual). Obedecendo este princípio, cada qual que faça as suas escolhas e que seja feliz assim(..).

(...)Que cada qual se sirva do BDSM por prazer e não sirva ao BDSM por obrigação.

Pois é Dorei, este tua postagem esta ótima, esclarecedora e imparcial......gostei!

Concordo contigo, por isso, reescrevi essas duas frases que ja havia escrito. Elas servem de premissas para qualquer um que deseje iniciar-se ou manter-se dentro deste meio BDSM que se bem vivido e praticado, só tem coisas boas para serem tiradas e passados aos outros...

Beijos carinhosos,

Tattourouge

Dorei Fobofílica disse...

Obrigada pelo comentário, Ísis. Embora eu não tenha sido exatamente imparcial, sempre manifesto minha opinião, embora nem sempre seja interpretada como apenas a minha opinião e não uma imposição. Penso que tudo na vida é compartilhado, sendo assim imparcialidade não existe nem nos livros didáticos, que são tendenciosos, exceto nas ciencias exatas. Sempre falamos de nossas experiências vividas ou assistidas e formamos nossas ideias. Logo, se coloco minha opinião não sou imparcial, mas de toda forma a vida é assim, uns se agradam de nós, outros não...

Te desejo ótima semana!
Beijos!

{princess kitty}龍戦士 disse...

Minha linda!

Fala sério, né?
Isso só pode ser brincadeira e de mau gosto ainda! :P

Como você disse, orientar, falar é uma coisa. Agora querer dizer quem esta apto ou não é um absurdo.

Imagina eu numa escola de subs??? Ia ser reprovada na hora! Hahaha
Ainda bem que meu Dono é muito persistente e ia lá me buscar e colocar na recuperação ( mas somente com Ele, as lições Dele eu aprendo todas) rsrs

Regra que vale é a regra do Dono. Ele é que tem de saber se o meu jeito é bom pra Ele ou não, e não outras pessoas, fetiche, tesão, desejo é muito pessoal. Querer padronizar isso é muito arriscado.

Claro, temos de estudar, nos informar, nos conhecer melhor e conhecermos aquilo que buscamos. Mas esse tipo de Associação visando avaliar e dizer quem pode e quem não pode é hipocrisia.

Mais miaubeijos =^.^=

AVISO:

As imagens contidas neste blog foram tiradas de sites de busca, estando disponíveis livremente na rede, sem fazer referencia aos autores. Entretamto sem o intuito de usar material de terceiros indevidamente, digo que, caso voce seja autor de alguma delas e deseje que a retire, deixe um comentário e a retirarei ou colocarei os devidos créditos se for da tua vontade.

Atenciosamente;
Dorei Fobofílica.

Seguidores

Leio e Indico

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...