25 abril, 2011

Exibicionismo


Exibicionismo

   O que tem haver o exibicionismo erótico com BDSM?   Muita coisa; basta ver os blogs e fetlife que exibem intimidades de suas relações.   E que me desculpem os baunilhas, mas exibicionismo é da natureza humana também, alguns mais que os outros, não fosse assim não existiria praia de nudismo e campos naturalistas.   Claro, nem todos apreciam; e é aí que entra o sadismo em humilhar o submisso em uma exposição pública ou não; sim, porque a exposição pode ser apenas para o Dono, reservado, sob o nome de inspeção.    Pode ser bastante constrangedor para alguns, se exporem, mesmo que apenas para o Dono, para ser examinado.   A exposição é sim uma forma de dominação, com forte domínio psicológico.
   A exposição pode ser sutil ou extravagante, pode ficar apenas no incomodo do submisso (a), de, por exemplo, saber que sob a saia está sem calcinha e a preocupação de isto ser ou não notado pelos transeuntes, mas pode ser mais evidente, como o uso de uma coleira discreta, com um triskele e até escandalosa.  
   O problema está quando a exibição extravagante acontece num ambiente baunilha, em público baunilha e isto pode vir a prejudicar a vida social e familiar de ambos, principalmente do (a) submisso (a).

   Obviamente, nem todos os submissos sentem-se constrangidos com a humilhação, muitos sentem orgulho em chamar atenção e até em escandalizar os que nada tem haver com BDSM, alguns se expõem até por iniciativa própria, contudo existem os dons e dommes que não respeitam os limites do submisso, que oferecem, ainda que em ambiente fechado, o seu escravo (a) a uso de muitos sem aviso prévio, alguns gostam disto, mas nem todos (para mim isto de multiplicidade, de sexo com qualquer um que que o "dono" queira, já tem outro nome, já deixa de ser BDSM para ser promiscuidade),  A exposição pode ser traumática, dependendo do grau e do quanto o botton pode suportar ser humilhado, as conseqüências psicológicas podem ser sérias, mas para evitar isto, existe o safeword, que deve ser usado quando a experiência do Top não é suficiente para observar que o botton chegou ao limite e que é hora de mudar de estratégia.
   Alguns Tops gostam de se expor também, geralmente em ambiente propício, atitude mais comum em dominadoras do que nos dominadores.   Fazem isto usando vestuário que expõem partes intimas de seus corpos, fazendo sexo em público, etc...   O simples ato de estar na cena, impondo ao escravo (a) a exposição, já é uma exposição e “promoção” de seu nome no meio BSDM.   Válido, dependendo de como é feito, pois não se pode esquecer do SSC.  
   Freud disse que exibicionismo é a patologia que tem como perversão exibir os órgãos sexuais, mas como a medicina moderna já reviu muito do que Freud dizia, desconsidero o que ele falou, ao menos em parte, pois para a medicina moderna, o que é feito com consensualidade, com quem possa responder por si mesmo, não afeta a saúde física ou psicológica e não é a única forma de sentir prazer, não é patologia.
   Para quem curte exibicionismo, seja como humilhação , promoção ou prazer pessoal, que aproveitem, só o que eu gostaria, é que isto fosse feito com elegância e bom senso, mas esta é apenas a minha opinião.

Por Dorei.

12 comentários:

{princess kitty}龍戦士 disse...

Oi amadinha!

Ah, pra falar de exibicionisno é comigo mesma rsrs
Na verdade eu me considero uma exibicionista light, não gosto de nada explicito, apenas sugestivo...na verdade gosto de me exibir para o meu Dono, praticamente todas as fotos e vídeos do meu blog fiz para Ele muito antes de pensar em ter um blog rsrs, depois que criei o blog quis usa-las pois é algo que me dá prazer, me faz feliz ver minhas fotos e vídeos lá. Porém, a exibicionista sou eu e não meu Dono, Ele aprova apenas porque sabe que me faz bem, e que são feitos para o agrado Dele em primeiro lugar.

Quanto a humilhações públicas nunca vivi, e eu e meu Dono concordamos que elas só ocorreriam dentro de ambientes BDSM ou em um outro país,rsrs, algo que não nos expusesse no nosso meio social. Mas confesso, que me sinto tentada a viver alguma experiência de humilhação pública sim, porém light, tbm não sei qual seria minha reação pois sou muito imprevisível, mas é algo que me excita muito imaginar.
Agora quanto a me oferecer para uso de muitos, isso eu posso esquecer, meu Dono sempre deixou bem claro desde o inicio da nossa relação que é muito possessivo e que isso não aconteceria, pois Ele não faz empréstimos, etc.

Eu gosto desse exibicionismo light sim, de fotos e vídeos, porém no meu caso não é humilhação (pois parte de mim e não do meu Dono, se bem que Ele tem vontade de fazer umas fotos epecíficas minhas, vou morrer de vergonha quando isso acontecer rsrs) e tbm não é promoção pessoal, é algo que me dá prazer, me faz feliz saber que minhas fotos são vistas, e eu me divirto muito fazendo as fotos e vídeos para o meu Dono, escolhendo lingeries, músicas, posições,é praticamente um hobbie rsrs.

Enfim, cada um vê e vive o seu exibicionismo a sua maneira.

Miaubeijos com muito carinho =^.^=
Ps: eu deixei um comment no blog de imagens, acho que estou com o banner certo sim :)

ENTREGA E SUBMISSÃO disse...

Dorei como tu comentou no meu blog, spbre eu ser exibicionista, sou e não sou pois sou 100% uma Bondagista, e o que faço são Selfs Bondage que são pouquissomas pessoas que o fazem.
Spu uma Veterena sim e ñ me envergonho disso comecei com meus pés atados era na net coisa de coragem para faze-lo, não existia blog, era grupos do yahoo, mas era ótimo intenso verdadeiro.
Então o que faço são Selfs nem que para isso tenha de estar amarrado um fio de cabelo meu, pois amo Bondage e vivo o BDSM, amo as Liturgias, são mágicas, como tudo dentro do BDSM é mágico.
Tenha uma super semana...mágica

Beijos doces

sub_ísis

{olabisi}_SeO disse...

Dorei...realmente tem mto haver o seu texto com o que vivo atualmente, confesso que tinha "neuras" de super exposição, de exibição, mas DONOS estão travando uma batalha contra meus pré conceitos...e creio que eles andam ganhando...rs...ja que ultrapassei umas barreirinhas esses ultimos tempos.

Mas creia, nada foi feito e nada será sem que eu saiba antes, ou que não me sinta segura...DONOS são extremamente coerentes e eu boca dura demais para aceitar simplesmente pq acham que chegou a hora de ultrapassar limites...
Se o limite existe é porque ele é baseado em alguma coisa...ou algum tabvu, ou alguma forma de pensamento específico.
No meu caso, tenho certeza absoluta que a minha opinião vale muito na relação SM que estabelecemos, senão ela não existiria agora.
Me senti feliz? obviamente, senão não teria relatado.
Já fiz coisas que até mesmo Deus duvidou, e nem por isso tenho orgulho delas...portanto..não são transcrevidas, isso é um assunto entre eu e o CRIADOR.
Não digo que é certo ou errado...apenas posso falar do que me deixa feliz, e ser exposta pelos DONOS, naquele momento, naquela situação foi.
No mais, não sei mais prá frente, ou quando outra situação se formar, mas confio plenamente no discernimento de ambos.
E creia, algumas coisas me doem os olhos de ver, e não gostaria de ser "exposta" àquelas situações idem.
Por isso concordo plenamente quando diz: "que isso seja feito com bom senso..."

beijos...

KTS disse...

Ciertamente me parece uno de los juegos más excitantes que se pueden desarrollar en el bdsm, evidentemente es mucho mejor cuando cuenta con la complicidad de ambos y también que sean los dos quienes lo disfruten, si no es así, quizas no tenga tanto sentido.
Buen texto, gracias por compartirlo

Mil besos

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Ó eu aqui!!! kkkkkkkkkkkkkkkkk
Exibicionismo é a minha praia! kkkkkkkkkkk
Mas gosto de um exibicionismo mais para o velado, algo somente sugestivo, tipo uma cruzada de pernas à la Sharon Stone (um pouquinho mais contida, vai...rs), um bico de seio querendo se mostrar, um beijo daqueles que sugerem o que será feito em 5 minutos.
Se eu disser que nunca fiz nada mais ousado estaria mentindo: já brinquei com mulheres e homens em casa de swing (adoro), mas esse é um ambiente próprio para que as fantasias sejam liberadas. Em ambiente ditos normais, prefiro somente insinuar.
Mas, quando o faço, seja explícito ou não, o faço por tesão, não por imposição e nem para chamar a atenção de uma forma mais pejorativa. É um ato sensual, sempre gostoso de se apreciar. E não digo isso porque imagino que seja assim, mas porque já ouvi várias e várias vezes que o que faço nada tem de chulo, ao contrário. E, mesmo que nunca tivesse ouvido nada, tenho o meu bom senso muito aguçado. Bom, essa obviamente é uma visão baunilha e trata-se de uma exposição mais light.
Em se tratando de BDSM em ambiente normal, devo dizer que dependendo do que for feito, pode despertar não o tesão, mas a indignação. Por mais que eu entenda que entre quatro paredes tudo o que for consensual é permitido e que eu tenha uma visão sem preconceito do mundo BDSM, acho que determinadas práticas em público servem não para o subjugo natural D/s, mas para uma humilhação gratuita sem razão de ser. Expor alguém com gagbal como a foto, no meio da rua, ou fazer andar de quatro, na coleira, não me parece que se esteja querendo mostrar quem manda (até porque o Senhor(a) sabe muito bem quem manda e o(a) sub, quem obedece), mas sim um uso desnecessário de poder, geralmente feito por quem precisa se certificar de que tem esse poder, já que lá no fundo provavelmente duvida disso, sobre um(a) sub que precisa avidamente demonstrar sua subserviência...
Um beijo enorme e tô morrendo de saudades, viu???

aldrey disse...

OLha tem q ter coragem pra se exibir em publico é capaz até das pessoas te agredir,acho que tem que ter uma certa discrição,pq o preconceito mora ao lado!!E tu sempre esclarecendo nossa dúvidas!!bjs flor

Domme Amanda® disse...

Oi Dorei
Sem tempo de ler todas as amigas(os), ainda às voltas com {mauricio} e sua recuperação. Muito legal este teu post flor, assunto controverso. Em minha opinião há lugar para tudo, não acho legal expor o botton em lugares que não sejam condizentes com o contexto SM, mesmo qdo ele sinta prazer nisso, pq muitos sentem mais até que os Tops. Temos que dar uma puxada na guia, afinal como diz a aldrey acima, "o prececonceito mora ao lado" e como! E realmente alguma cena muito explícita pode ser alvo de agressão mesmo. Acho que o bom senso cai bem em qualquer situação.
Beijokas muitas pra vc.
D.Amanda®

Marcelle Silva disse...

Querida, recebeu um email que te mandei há alguns dias?

Beijos

{Λїtą}_ŞT disse...

Olá Dorei!

Também conheço seu nick há tempos e seu ótimo blog, ao qual sigo e leio sempre que tenho tempo.
Não sou dada a polêmicas mas uma avalanche de términos de relacionamento de pessoas amigas e queridas e o consequente sofrimento delas me fizeram refletir.
É tanta entrega para tão pouco caso que fez com que eu, mesmo jamais tendo me pronunciado abertamente contra Dominantes por uma questão minha de respeito, não conseguisse me calar.
É certo que tudo tem início, meio e fim. Mas que o fim seja digno, com verdade... essa coisa de dispensar a escrava por "problemas pessoais" não cola mais. Problemas pessoais todos temos e se é assim não existirão mais relacionamentos. É muito sofrimento por pouca coisa.
Também tenho um relacionamento de quase 4 anos com um único Dono e antes dele um outro de 2 anos e meio, o que me leva a pensar que tivemos a sorte de nos entregarmos a pessoas dignas.
Felicidades para vc e que todas as que se entregam verdadeiramente possam contar com a verdade e a transparência de seus senhores, do início ao fim.
Quanto ao seu ótimo texto, sou exibicionista mas dentro de uma segurança calculada. Exibição em público torna-se meio inviável porque além dos riscos não devemos nunca impor a ninguém algo que não desejam e/ou não gostariam de ver. Exibicionismo para mim é um fetiche ligado ao prazer sexual, nunca ao ego... usar a imagem para promover-se está totalmente fora de cogitação. Nisso posso contar com o bom senso e a responsabilidade do meu Dono que jamais me colocou em situações constrangedoras ou de risco.
Beijos agradecidos pela sua visita.

{Λїtą}_ŞT

aldrey disse...

Tem presente pra vc
http://lesadaeapimentada.blogspot.com/2011/04/mais-selinho.html
bjs

Piment29 disse...

Ainda acho que as pessoas primeiro precisam entender e separar uma coisa da outra. Humilhação e sentir e dar prazer no BDSM, muitas pessoas ainda confundem muito. Acho que cada um realmente faz o que gosta e se ela ou ele se sentem bem fazendo exposição da sua figura independente de qual reação venha a ter. BELEZA !!! Viva !! Continue assim, mas se pararmos para pensar tem que ser realmente uma coisa acordada pelos dois ... Mais uma vez tocaste em um ponto delicado e com sutileza e muita inteligência ... Parabéns linda.... Bjus Apimentados .... =)

P.S: Tem um Selo pra ti em meu Blog ... Espero que goste....

Luna disse...

Dorei,

arrasou no post! Um pouco de bom senso e elegância não fazem mal a ninguém.

Concordo com seu ponto de vista.

Beijos!

Seguidores

AVISO:

As imagens contidas neste blog foram tiradas de sites de busca, estando disponíveis livremente na rede, sem fazer referencia aos autores. Entretamto sem o intuito de usar material de terceiros indevidamente, digo que, caso voce seja autor de alguma delas e deseje que a retire, deixe um comentário e a retirarei ou colocarei os devidos créditos se for da tua vontade.

Atenciosamente;
Dorei Fobofílica.

Leio e Indico