Slides e Links de Todas as postagens

31 janeiro, 2011

Por onde anda o cavalheirismo?

  Nós mulheres, sabemos sim nos virar sozinhas e costumamos fazer isto muito bem, mas que me perdoem as feministas, eu adoro ter por perto um homem que seja cavalheiro, educado, que pague a conta sim.  Por que não?   Que puxe a cadeira, abra a porta do carro...   Enfim, coisa rara nos tempos de hoje e vamos admitir, parte da culpa é nossa, que muitas vezes até reclamamos; não eu, que fique claro.   Cavalheirismo?   A-do-ro!!!   Principalmente quando é meu parceiro!
    Cavalheiros são um tipo de homem que pouco se vê, superiores, inteligentes, elegantes e que geralmente são desejados por mulheres com estas mesmas qualidades, mulheres que não dão um ataque de feminismo, que não vão aos bailes funks rebolar enquanto a letra do que chamam de música deprecia-a como fêmea.   Gente, tem coisa mais ridícula do que uma mulher dando chiliques de feminismos e se comportando como macho só porque um homem foi cavalheiro com ela?   Algumas fazem parecer que estão prestes a serem estripadas.
    Então viva a mulher submissa, que é feminina, que não banca o macho de saias, que curte sim as flores, as gentilezas e agrados ofertados pelo seu homen ‘Dono’, que fica orgulhosa quando ele a protege, que a põe em posição reservada e resguardada seja onde for que estiverem, que cuida dela como deve ser com um verdadeiro Dono, que cuida e preserva o que é seu.  
   Que bom ver que ele me colocou no canto quando caminhamos na calçada, afim de que eu não seja atropelada.   Se isto é ser fresca então viva as frescas, que são mais fêmeas em todos os sentidos, inclusive e principalmente na cama.
    Estou farta da cobrança da sociedade quando a mulher diz que é sustentada pelo seu marido, seu homem.   Qual é o problema nisto?   Que se danem os outros, o importante é que eles sejam felizes assim.
    Mas que coisa desagradavel é ver que a cada dia temos menos cavalheiros e mais moleques no mundo...   Em parte por culpa de nós mulheres, que também não ensinamos nossos filhos a serem gentis, que permitimos que nossos homens nos tratem com descaso e ignorancia, contudo podemos ensiná-los.   Sim, ensinar, por que não?   Com sutileza, educação, fazendo parecer que eles estão aprendendo por sí e que nós em nada influímos, somos muito capazes de fazer isto, este é o nosso ‘dom’ natural, comum a todas as mulheres.   Se seu homem se comporta como hooligan, indique a ele que ser um gentleman não o torna um fresco, muito pelo contrário.    Um líder de verdade, domina pelo encantamento, coisa difícil de ser quebrada, de ser superada e assim sendo, é muito mais fácil manter sua posse (escrava), quando ela não conseguirá ter olhos para outro homem, tamanho é seu encantamento por ele (o Dono), que de fato a encoleirou pelo coração e não precisa ficar vigiando, cercando e nem pondo falsas coleiras virtuais que hoje em dia pulam de mão em mão sem de fato pertencerem a nenhum.
   É até fácil levar certas mulheres para cama, difícil é possuir de verdade uma mulher autêntica.


Por Dorei Fobofílica



13 comentários:

Erótica.plus disse...

Muito bom esse post. Adoro os cavalheiros na rua e os safados na cama...rsrsr. bjs.

Luis Nantes® disse...

Humm!! Pode ter ficado escondido em algum lugar, mas aqui há um caipira e cavalheiro nato, tá? Estou a disposição e me oferto a gentileza e fantasias de quem não acredita...
beijos

meus instantes e momentos disse...

muito bom o post.
Maurizio

{Malú}_MTONNY disse...

Minha amiga linda!
As mulheres esqueceram o q é ser feminina, esqueceram o q é o olhar doce e gestos suaves...a vida ficou dura e rápida e ninguém tem mais tempo pro jogo de sedução, relações rápidas e vazias e logo nao se tem mais tempo pro romantismo, concordo com vc...saudade de tu e saudações ao seu DONO..bjocas mil.

{Malú}_MTONNY disse...

Minha amiga linda!
As mulheres esqueceram o q é ser feminina, esqueceram o q é o olhar doce e gestos suaves...a vida ficou dura e rápida e ninguém tem mais tempo pro jogo de sedução, relações rápidas e vazias e logo nao se tem mais tempo pro romantismo, concordo com vc...saudade de tu e saudações ao seu DONO..bjocas mil.

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Olá, querida!!! Vim agradecer os votos de boa viagem que nos deixou e já dei de cara com um post mais lindo ainda, mas com o mesmo conteúdo inteligente e interessante de sempre!
Ah! Amo homens cavalheiros! Se eles soubessem como isso é sensual, com certeza todos seriam!
Beijo enorme e uma semana deliciosa pra vc, linda!!!

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Retificando: um BLOG mais lindo ainda!!!
Beijos, querida!!!

aldrey disse...

Homem tem que ser cavalheiro,adoro um mimo,mulher que não gosta É LOUCA...BJS QUERIDA

submissa flor de cristal{LB} disse...

Oi Dorei, infelizmente este homem gentil e educado está sedo dizimado pq nós mulheres não estando dando educação necessária aos filhos mostrando o quanto é educado ceder o lugar nas conduções a favor de nós mulheres, coisa simples mas que está ganhando cada vez mais espaço para dizimar este homem gentil do mundo. Dai amanhã estas mesmas mulheres vão reclamar da falta de educação e gentileza por parte dos homens.

A liberarão feminina fez deste "homem" pensar que azar o nosso, não queremos igualdade, então pra que ser gentil com nós mulheres ? É assim que muitos pensam, os machistas de plantão, entendi ?

Tomara um dia nós mulheres venhamos a educar melhores nossos filhos para que no futuro este mundo não se transforme algo insuportável de viver.

Te adoro lindona!

Beijos carinhosos,

flor de cristal{LB} .

Stephany disse...

Tem selinho pra vc no meu blog
bjs

aldrey disse...

Amiga mandei errado o recado,é esse daí de cima kkk,mandei com nome da minha filha nem tinha visto,tem selo pra vc lá no blog..bjs

~^~ Lena Lopez ~^~ disse...

Oi Dorei!
Eu me viro sozinha, sempre fui assim, mas que um cavalheirismo é bem vindo, não resta nenhuma dúvida!
Que bom que tudo entrou para os eixos e as coisas estão se normalizando para você!
Tb te desejo um bom fim de semana!
BJOS
Lena

I. D. disse...

Ser cavalheiro fica cada vez mais dificil no mundo em geral, e não é só o feminismo exarcebado tão bem colocado em seu post, mas também a boa e velha canalhice existente no homem passada de pai para filho. Não nego que venho de uma família com um grande número mulherengos e até canalhas, mas gosto de fazer uma certa diferença, mesmo que pequena e irrisória num mundo que esquece as gentilezas. Também não me considero uma cavalheiro, isso fica a cargo de quem diz , por isso o máximo que faço é tentar ser educado e gentil como ensinou minha mãe, galante, simples e sensato como ensinou meu pai.

Seguidores

AVISO:

As imagens contidas neste blog foram tiradas de sites de busca, estando disponíveis livremente na rede, sem fazer referencia aos autores. Entretamto sem o intuito de usar material de terceiros indevidamente, digo que, caso voce seja autor de alguma delas e deseje que a retire, deixe um comentário e a retirarei ou colocarei os devidos créditos se for da tua vontade.

Atenciosamente;
Dorei Fobofílica.