VISITE brinquedos diversos

05 dezembro, 2010

Ser Dominador

   As pessoas nascem com grande parte do código genético e psicológicos já estabelecidos e liderar é um ‘dom’ doado por Deus.  Sei que parece muito interessante estar na posição de liderança, mas não é para todos, alguns nascem para seguir regras e são felizes assim.   A pessoa nasce para dominar e faz isto com grande facilidade, ela não precisa se esforçar, atrai as pessoas para si como um imã, pelo simples fato de que estar sob seu domínio é um deleite, não um sacrifício.  

   Há em toda parte aqueles que pensem que para liderar é preciso ser estúpido, xingar, humilhar, ferir física e emocionalmente, ser rude e mal educado, claro estas pessoas são no mínimo mal informadas, para não dizer que são incultas e mal resolvidas e nunca serão lideres de verdade.

   Ser um líder, além de ser um ‘dom’, implica em muitas responsabilidades, porque aquele que está sob seu comando só precisa seguir ordens e sentir prazer com isto, sem se preocupar com o restante.   O Dominante, além de gostar de ser o que é, deve fazer isto de modo a que todos sob seu comando também se agradem disto, deve preservar a integridade física e emocional do subjugado e dependendo de tipo de liderança, sim porque ser líder não é só no BDSM, um líder nato é líder em casa, no trabalho, em reuniões com amigos, isto acontece sem que se faça esforço para isto,  mas se for no SM, ele tem que estar preocupado muito mais ainda com o psicológico, físico e social do subjugado, estar certo de que está sendo bom para ambos e se acaso o subjugado for masoquista e o líder um sádico, tudo isto torna-se mais sério, as responsabilidades são grandes, não é para quem quer, é para quem é capaz.   Um líder nunca é um burro, mesmo que não seja letrado, ele é sábio por natureza.

   Um ‘pseudo dominador’, que humilha em qualquer lugar, expõe a pessoa no meio social e familiar, grita (porque gritos são tentativas toscas de auto afirmação), que machuca fisicamente (não estou  falando de sutura, hematomas e afins previamente acordado entre as partes e de desejo do masoquista), este indivíduo é um sádico doentio e perigoso, se não for um criminoso, mas certamente tem potencial para ser.

   Na tentativa às vezes desesperada de encontrar um Dono as submissas caem nas mãos de sujeitos assim, estão por aí aos montes, principalmente agrupados em chats, fazendo visitas diárias por não conseguirem melhor forma de tentar ser líder, no chat é tudo muito fácil, as pessoas entram ali propensas a obedecer.   Quero ver ser líder num meio comum, onde não há regras BDSM, onde não se impõe tratamento litúrgico de ser chamado de Sr, Mestre, Dono, Lord, Sir e coisa que o valha.   Ser líder no trabalho, mesmo que não esteja com o posto de chefe, em casa com a família, na rua com os amigos, tudo isto sem ser pré determinado, sem esforço, mas pela simples força de sua natureza que atrai os que o cercam por se sentirem felizes junto dele e que se submetem sem se darem conta disto.

   Quando um Dominador recebe uma submissa como sua, deve não somente preservar sua saúde física, mas também a psicológica, insisto nisto porque aí estão detalhes importantes, ele precisa dar a atenção que ela precisa, arranjar tempo para estar com ela, fazê-la se sentir querida sim, amada sim, desejada sim.   Porque não?   Isto é fundamental para que ela queira se submeter a ele, para que a submissão a ele seja algo bom e desejado por ela.   Não importa o que ele vai fazer para suprir as necessidades dela, se ele assumiu uma submissa, tem que dispensar o tempo necessário para ela, dentro de um bom senso, claro, ele, assim como ela, têm família, trabalho, vida social, mas nada disto impede que ele faça contatos diários com ela, por telefone, pela internet e que faça contatos fiscos com ela ao menos uma vez por semana, que não somente a leve para sessões, mas que namore esta fêmea, que a leve a outros lugares, como cinema, encontros sociais ou o que valha, que não dê na alcova apenas castigos (estes desde que ela também deseje), mas que faça amor com ela, que a faça se sentir fêmea.   Por exemplo: um dominador que receba sexo oral da submissa e não faça o mesmo nela alegando que dominador não faz isto, é um boçal, um sujeito egoísta e este é apenas um pequeno detalhe entre tantos que ocorrem.   Este idiota jamais conseguirá submeter uma submissa consciente do que é ser submissa e fêmea, consciente do que é um verdadeiro Dominador.

   Ser Dominador não é ser uma pessoa conhecida como tal no meio BDSM, nada disto, fama não faz o líder, neste mundo está cheiro de verdadeiros Dominadores que sequer sabem o que é BDSM, que nunca ouviram falar em ter uma escrava sexual (que é para ser usada e amada), que não fazem a menor idéia deste mundo, mas que vivem no comando em suas vidas porque este foi um ‘dom’ que receberam de Deus e ponto final.   Chega de achar que só se pode encontrar a felicidade de se submeter procurando nos ciclos BDSM, uma submissa pode encontrar um Dominador nato na vida comum e sutilmente fazê-lo descobrir as regras BDSM e SSC.   Tenho certeza que esta sim encontrará muito mais felicidade, num homem que a dominará e a amará.



Por: Dorei Fobof[ilica

15 comentários:

Rainha Samantha disse...

Achei simplesmente fantastico seu texto,e concordo plenamente com suas palavras,pena que muitos no meio BDSM ,não consigam ter essa plena visão,pois o que mais encontramos por ai são super Tops, super Bottons e se esquecem simplesmente do mais importante: a essência natural, pois quem é Dominador de verdade é e pronto, sem as luzes da ribalta ou qualquer outro artificio.
Beijos.
Rainha Samantha.

submissa flor de cristal{LB} disse...

Olá Dorei, juro que quando eu crescer quero ser assim como vc. Que discorre tão bem sobre qualquer assunto. E deste assunto tão particular eu entendo muito bem. Estou a quase 5 anos no meio BDSM e já frequentei chats, não tive muitos Donos é verdade , mas os que conheci sinceramente deixou muito a desejar. Pq eles só enxergavam seu umbigo e nada mais. E eu em nome da obediência, aceitava tudo com SIM senhor e nunca um NÃO Senhor. Sofri como submissa e mulher pq não sei separar uma da outra. E como submissa sou romântica, sensivel, carinhosa e dedicada e como mulher sou forte e determinada sou o que costumo dizer, sou meu próprio paradoxa. E por ter este perfil me entregava de corpo e alma e coração aos pseudos dominadores. E posso confessar aqui até como um alerta se vc me permite, para quem possa ler, pois tive que receber ajuda do profissional da saúde de tão abalada que eu fiquei em mãos desonestas. É já cansada da vida quando estava para desanimar de encontrar alguém com "certificado de qualidade" rsrs, não é que passou lá na minha senzala um perfeito cavalheiro. Um homem tão gentil, tão educado, um verdadeiro Gentleman, que eu sinceramente achei que era mais um blefe da vida. Mas os deuses da luxuria me fez acreditar que SIM é possível encontrar alguém com todos estas qualidades que vc tão bem descreve para seus seguidores e por quem tenha a felicidade de aqui passar.
O LORD BYRON é assim, um sonho em forma de verdade, um homem integro que veio provar para esta simples submissa flor de cristal, antes de ser um Dominador que gentileza e educação, lealdade, sinceridade e acima de tudo CARATER cabe em qualquer lugar!

Adoro ler vc, Dorei, e não só por este post mas por tudo que escreve, muitoemuitosemuitos Parabénssss!!!

Ótimo inicio de semana, que sua estrela brilhe sempre por onde passar!

Beijos carinhosos,

flor de cristal{LB}.

Em tempo. Me perdoe alongar tanto, é que este assunto me traz ainda lembranças que preciso esquecer... :(

submissa flor de cristal{LB} disse...

Dorei, fique sempre a vontade para postar por lá, tá bom ? Não somos obrigada a concordar com tudo que as pessoas escrevem. Meu baú é democrático, tá bem ? E vc querida menina tem meu consentimento para expressar sua opinião. Pq penso eu Dorei, que quanto mais conversarmos a respeito do BDSM ele tente a si firmar como uma opção maravilhosa de vida.

Este seu post é bacana por isso traz a tona uma discussão séria e urgente. Eu conheço querida amiga, meninas, não sei bem se por inocência, carência ou por serem verdadeiras submissas como eu terem suas vidas despedaçadas por estes impostores. Nós devem tomar todo cuidado e observar, conversar antes de entregarem nossas vidas nas mãos de alguém que se denomina ser Ele Dominador...

Deixo claro que esta é minha opinião e não quero aqui generalizar, tá bem ? Até pq meu Dono o Senhor Byron é prova vida que o contrário é verdadeiro.

Beijos enormes, sua presença lá no meu bauzinho é sempre muito bem vinda!!!

flor de cristal{LB} .

Dorei, estou levando comigo seu selinho, ok ?

Rainha Samantha disse...

Seja Sempre bem vinda ao meu recanto.
Mil Beijos.
Rainha Samantha

Aмbзr Ѽ disse...

adorei o texo, como eu comentava com um amigo outro dia, tem muita gente leiga no assunto que posa como se conhecesse a fundo a essencia dessa prática. amei as explicações. bjs.

submissa flor de cristal{LB} disse...

Dorei meu selinho está agora em lugar de destaque, passe lá pra ver tá bem ?

Quero agradecer muito pelo carinho, vc é alguém que se deva maravilhar.

Beijokas,

flr de cristal{LB} .

wilson disse...

Boa tarde, querida!
Mais uma vez vc fala tudo de maneira concisa e direta externando exatamente a minha opinião e traduzindo meu modo de agir, que relato de inicio de qualquer abordagem. Não consigo entender uma relação D/s que seja diferente da que acabei de ler com imenso prazer.
E prá melhorar a minha vida, escrevo ouvindo o nosso maior cantor Francesco Alberto Sinatra
Beijos fraternais e admirados do
SW.

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Meu comentário é sobre o dia-a-dia, indiferente de ser uma relação BDSM ou baunilha: exercer a liderança é bem diverso de exercer o poder. Como vc bem disse, o líder natural faz com que as pessoas a sigam pq têm prazer nisso. Ao contrário, qdo se usa de poder para exigir as coisas é sinal de que a pessoa não é forte o suficiente para se fazer ouvida.
Mto bom o texto! Agora precisamos de tempo para apreciarmos o blog todo que, pela visto, é mto, mto interessante!
Bjs!!!

Deliciosamente Atrevida disse...

Esclarecedor teu texto. Aberto e direto! Sempre bom conhecer um pouco mais deste assunto que às vezes é tão mal julgado(pelos leigos)


Beijo Gde!

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

É Dorei,

eu posso dizer que sou uma felizarda entre tantas submissas....

Sei exatamente o que é pertencer a alguém que faça o que esta escrito em tua postagem.

E sou agradecida por poder pertencer a ELE, por 3 lindos e cúmplices anos de muita sessão, de sexo, de amor, de paixão, de amizade, de submissão e Dominação.

Beijos carinhosos,

ÍsisdoJun

LadySiri disse...

Olá Dorei.
Vim retribuir a visita e me deparei com um mundo facinante, que antes de ler seu post, imaginava que fosse totalmente desconhecido para mim. Mas lendo-te, surpreendi-me ao descobrir que na minha vida, sem que eu ou ele soubesse, já tive um Dominador ruinzinho desse que descreveu no seu post. Fui casada com ele por longo tempo. E só depois de muito sofrimento, finalmente, consegui reunir fôrças para libertar-me.
Não conheço as regras BDSM ou SD, nem nunca pratiquei nada disso, mas sou muito curiosa a respeito...e medrosa tb, rs.
Geralmente dou uma olhadinha nos blogs, artigos sobre o tema, mas de lonje sabe?! Porém, aqui senti-me mais a vontade. Você fala com uma coerência, clareza e tranquilidade que transmite segurança. E me fez enxergar nuances a meu respeito e de minha vida que antes eram nebulosas. Agradeço sinceramente a oportunidade de conhecer-te.
Tenha um excelente final de semana,
Beijo carinhoso

gabyshiffer disse...

OLá,
Desculpe não falar do seu texto mas é que não entendo do assunto...
Quanto a frase do Luter King adorei
:)
Vim lhe desejar bom findi
Beijos

"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade" (Carlos Drummond de Andrade)

gabyshiffer disse...

Ah não há do que...
Você também é um amor, muito educada e gentil
:)
Desculpe a minha ignorância no assunto e apesar de termos blogs diferentes nada impede que eu conheça sobre o seu assunto e você como mulher goste de ir no meu.
Uma linda noite pra vc amiga
Beijos carinhosos
:*

Júlia disse...

Olá... fazendo uma visita e dizer que teu post é FANTÁSTICO! fazia tempo que não me deparava com um texto onde lemos aquilo que sentimos dentro de nós. Parabéns e sem dúvida vou estar sempre por aqui te acompanhando.

bjus

SenhorDosContos disse...

Gostei deste texto, tenho navegado com mais intensidade no universo BDSM, mas antes de iniciar eu tinha minhas dúvidas de conseguiria ser um Dominador, mas eu tinha uma visão distorcida do Dominador no mundo BDSM. Hoje pratico verdadeiros jogos com minha amada, temos aprendido mais a cada dia... Suas palavras foram perfeitas para descrever o que é ser um Dominador, parabéns!

AVISO:

As imagens contidas neste blog foram tiradas de sites de busca, estando disponíveis livremente na rede, sem fazer referencia aos autores. Entretamto sem o intuito de usar material de terceiros indevidamente, digo que, caso voce seja autor de alguma delas e deseje que a retire, deixe um comentário e a retirarei ou colocarei os devidos créditos se for da tua vontade.

Atenciosamente;
Dorei Fobofílica.

Seguidores

Leio e Indico

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...