27 novembro, 2010

Fidelidade ou Lealdade? Somos monogâmicos?




  Se considerarmos que fidelidade e lealdade não têm o mesmo significado, se pensarmos que fidelidade é ter um relacionamento monogâmico e que lealdade é ser sempre franco e honesto com seu par, verificaremos que ser fiel é também ser leal e monogâmico, mas ser leal é ser humano e sincero.    Ser leal não é ser fiel, é ser verdadeiro.

   Monogamia no reino animal é coisa rara, mais ainda entre os mamíferos; e das quase 300 espécies de primatas conhecidas, apenas 6% são monogâmicos, a exemplo do gibão, que está em franca extinção.   Os humanos não são naturalmente monogâmicos, apenas têm períodos onde se mantêm neste estado.   A natureza, afim de garantir a continuidade das espécies, selecionou entre os mais bem sucedidos os polígamos como nós.   Monogamia de verdade, é ser como os cetáceos (baleias e golfinhos), algumas aves psitaciformes (araras, papagaios), Sphenisciformes (pingüins) e outros poucos, que passam a vida inteira com um único par e não se unem a outro quando seu parceiro morre.   Nós não somos forjados para isto, o que não justifica sermos promíscuos.
   Desde a infância somos induzidos a pensar que somos capazes de sermos fiéis o tempo todo através de contos de fadas; a religião, a sociedade e até a política nos cobram este comportamento, mas isto não acontece de verdade, costumamos ser hipócritas, sejamos leais com nossos pares e conosco.   Sejamos LEAIS!   Muitas vezes a mulher consegue ter um comportamento de fidelidade e raras vezes o homem também, mas isto não é natural e comportamento de fidelidade não inclui pensamentos e ausência de frustrações.
   Sou pró lealdade, penso que podemos e devemos ser francos com nossos parceiros, claro, a maioria de nós não está preparada para esta realidade, prefere fazer as coisas ‘por baixo da mesa’, fingir que não percebe, que não acontece.  
   Nós mulheres temos uma certa vantagem, conseguimos nos adequar melhor ao conceito da fidelidade, já a natureza caçadora do homem torna tudo mais difícil para eles em se enquadrarem ao sistema hipócrita, principalmente com a cobrança da mulher para este comportamento.    Vai longe o tempo em que eu acreditava em fidelidade, hoje dou e exijo lealdade.   Lealdade significa ser honesto e confiável, está totalmente em conformidade com o BDSM e o SM, que é um conceito de relacionamento onde não cabe a mentira, o engodo, sejamos honestos consigo mesmo e com nosso parceiro.   
   Isto não quer dizer que não há amor, muito pelo contrário, podemos amar e mais de uma pessoa por vez, somos capazes disto; basta pensar em nossos filhos, nossos pais, parentes e amigos.   Não deixamos de amar a um filho em detrimento de outro, são apenas amores diferentes, porque são pessoas diferentes.   É importante frisar que amor não se mede, ama-se e ponto.
   Poder ser leal é um privilégio de poucos, me considero felizarda neste sentido e espero que algum dia a humanidade alcance este entendimento sobre si mesma de forma generalizada, que não sejam apenas casos pontuais.  
   Quero ressaltar que não há relacionamento BDSM ou SM saudável sem confiança, portanto dentro dele há de haver lealdade, esqueçamos o conceito de ser fiel para poder abraçar a lealdade e conquistar a confiança.

Por Dorei Fobofílica.



6 comentários:

Luis Nantes® disse...

Éh!! Obrigado...

Arigi Kuwanna disse...

Adorei seu espaço, muito esclarecedor.
Bjos se cuida.

{Malú}_MTONNY disse...

Pra começar, amei o fundo musical rsrs
agora sobre lealdade e fidelidade, concordo e acrescento q devemos ser leais a verdade, sempre disse ao meu dono q desejo sempre a verdade mesmo q ela me faça chorar, sou fiel ao meu sentimento e meus principios e a lealdade vem junto no pacote.
ahhh dorei!quem derá q todos fossem iguais a vc rsrs

um bj carinhoso a ti...

wilson disse...

Menina! Está se tornando monótono nossa total coerência de pensamentos, com vantagem prá vc, pois consegue sempre expô-los de maneira sucinta, direta e clara, sem tangenciamentos obscuros.
Beijos
SW.

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Somos um casal que acredita piamente no que vc escreveu. Temos por base a LEALDADE, TRANSPARÊNCIA, CUMPLICIDADE e RESPEITO. Não precisamos ser infiéis pq escolhemos um modo de vida que nos permite compartilhar e realizar fantasias. Entendemos perfeitamente que sentir tesão por outra pessoa não fará com que nos amemos menos. Exigimos um do outro o msm que vc exige de seus relacionamentos: LEALDADE. Somos francos sempre em qq âmbito de nosso relacionamento, principalmente no sexual. Entendemos que há pessoas que não compartilham desse ponto de vista e respeitamos, até pq eu tb já fui uma delas, até descobrir um parceiro que me adicionasse tanto que me senti segura, amada e respeitada o suficiente para aderir à esse modo de vida.
Mais uma vez um excelente texto, onde a hipocrisia não tem lugar!
Bjs!!!

Erótica.plus disse...

amei esse post. eu adoraria viver assim, sendo leal, mas como vc disse, nem todos estão preparados pra isso. Acho que em breve, vou chocar meu parceiro. E aí a escolha vai ser dele. bjs querida. Parabéns pelo espaço e obrigada pela visita.

Seguidores

AVISO:

As imagens contidas neste blog foram tiradas de sites de busca, estando disponíveis livremente na rede, sem fazer referencia aos autores. Entretamto sem o intuito de usar material de terceiros indevidamente, digo que, caso voce seja autor de alguma delas e deseje que a retire, deixe um comentário e a retirarei ou colocarei os devidos créditos se for da tua vontade.

Atenciosamente;
Dorei Fobofílica.

Leio e Indico